Pages

sábado, 29 de outubro de 2011

E se Fosse Você?


Mais de 100 MILHÕES de cristãos que estão sofrendo perseguição religiosa, talvez por não estar direto na midia, a gente não tem uma real ideia de como essa perseguição tem sido terrivel, para vocês terem uma ideia, no Irã foi aprovado uma lei que condena a pena de morte qualquer mulçumano que converter-se a outra religião ou a qualquer que fizer alguém mudar de religião.

Ana Paula.

À Procura da morte


Tem uma música do Linkin Park que se chama: “Waiting for the end”(esperando pelo fim) e escutando-a, achei a letra bem interessante e comecei a pensar na vida de muita gente que eu conheço.
A música fala de uma sensação muito presente dos adolescentes, dos jovens também, mas do adolescente mais, porque é a época da vida em que os sentimentos vêm com uma intensidade incrível e também mudam de uma forma avassaladora, é aquela coisa de não é o começo nem o fim, não é o quente nem o frio. E quando estamos vivendo assim, nós buscamos os extremos, o que é normal do ser humano, porque sinceramente é raro conhecer pessoas que vivem no perfeito equilíbrio.

Imagina o jovem então, é aquela coisa de estar conhecendo o mundo de estar vendo as coisas novas, mas ao mesmo tempo o que é novo e esperado não acontece e a vida entra naquela mesmice de sempre, e você olha pro lado e a vida do seu colega está aquela coisa de novela onde tudo acontece e você pensa: por que isso não acontece comigo? (principalmente nós, meninas)

Aí, partimos pra busca dos extremos, o que é legal, porque nos movimenta, nos dá esperança, motivação e tudo mais, mas o problema é que às vezes o extremo que nos escolhemos buscar é o FIM (#tenso). Exemplo? Ok… ai vai um: sexta à noite baladinha! Você põe sua melhor roupa, a melhor maquiagem, vai pensando que vai arrasar e é hoje que você vai dar aquele beijo naquele gato! Você chega à festa toda toda, nunca bebeu, mas já que esta todo mundo bebendo, resolve não ficar atrás. Bebe aqui, ali, passa mal, vomita e pega o primeiro mico na frente dele, talvez até você volte mais cedo pra casa e fique marcada como a boboca da turma. Mas o “sol” brilha pra você e você tem a chance de mais pra frente mostrar que o que aconteceu na noite passada foi um acaso e que você é descolada, bom pra provar isso eu poderia usar varias coisas como provas, mas vamos para o mais dramático: vai fumar um baseado! Pra muitos isso já nem  um problema, apesar de não ser aceito pelas leis brasileiras, mas ai é um baseado hoje, uma bala amanha, depois um cachimbo e assim vai.

Exemplo dramático eu sei, mas é o que acontece com vários adolescentes no mundo todo, muitos começam assim e eu nem preciso dizer como terminam. Se você não acredita em mim, pode ir conversar com um viciado em tratamento, com certeza a história que ele vai te contar poderia ter acontecido com você, infelizmente ninguém é imune a isso.

A música diz assim:

(Sentando em um quarto vazio / tentando esquecer o passado /Isso nunca foi feito para durar /Eu queria que não fosse assim)
Sentar, esvaziar a mente, viajar, essa é a sensação que a droga vai te dar com certeza, mas como já está escrito nesse trecho, essa sensação não dura, mas o pior é quando ela passa e o vazio que ela deixa, será que você vai conseguir suportar isso ou vai atrás de mais e mais? E até quando você vai conseguir mais sem perceber que esta se afundando?
Um dia um amigo me disse: “O que você sonha pra sua vida: encontrar aquele cara especial, ter um bom emprego, casar e ter uma família feliz? Se você quer isso, legal, mas eu acredito que Deus te fez pra muito mais!“
Nos não nascemos para esperarmos o dia da nossa morte e muito menos para apressá-lo com atitudes estúpidas! Nos fomos criados com um propósito! Viver intensamente influenciando pra melhor a vida das pessoas com quem convivemos já é incrível!

Acredite que se você não viver pra você mesmo a sua vida vai ser muito melhor do que buscar o fim, porque a cada dia que você deixa o seu egoísmo de lado é um dia que você está buscando o começo de algo novo!

“O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.”
João 10:10

Não estou aqui pra ensinar a ninguém como viver nem ensinar sobre religião, eu só quero passar um pouco da realidade da vida e apresentar pra vocês Aquele que realmente conhece seu coração e se importa com você: JESUS CRISTO!

Ana Paula.

Vida


O QUE É UM EMBRIÃO HUMANO?

Dr. Dernival da Silva Brandão:
(Especialista em Ginecologia e Membro Emérito da Academia Fluminense de Medicina)
O embrião é o ser humano na fase inicial de sua vida. É um ser humano em virtude de sua constituição genética específica própria e de ser gerado por um casal humano através de gametas humanos – espermatozóide e óvulo. Compreende a fase de desenvolvimento que vai desde a concepção, com a formação do zigoto na união de gametas, até completar a oitava semana de vida. Desde o primeiro momento de sua existência esse novo ser já tem determinadas as suas características pessoais fundamentais como sexo, grupo sanguíneo, cor da pele e dos olhos, etc. É o agente do seu próprio desenvolvimento, coordenado de acordo com o seu próprio código genético.
O cientista Jérôme Lejeune, professor da universidade de René Descartes, em Paris, que dedicou toda a sua vida ao estudo da genética fundamental, descobridor da Síndrome de Dawn, nos diz: “Não quero repetir o óbvio, mas, na verdade, a vida começa na fecundação. Quando os 23 cromossomos masculinos se encontram com os 23 cromossomos da mulher, todos os dados genéticos que definem o novo ser humano estão presentes. A fecundação é o marco do início da vida. Daí para frente, qualquer método artificial para destruí-la é um assassinato”.
A ciência demonstra insofismavelmente – com os recursos mais modernos – que o ser humano, recém-fecundado, tem já o seu próprio matrimônio genético e o seu próprio sistema imunológico diferente da mãe. É o mesmo ser humano – e não outro – que depois se converterá em bebê, criança, jovem, adulto e ancião. O processo vai-se desenvolvendo suavemente, sem saltos, sem nenhuma mudança qualitativa. Não é cientificamente admissível que o produto da fecundação seja nos primeiros momentos somente uma “matéria germinante”. Aceitar, portanto, que depois da fecundação existe um novo ser humano, independente, não é uma hipótese metafísica, mas uma evidência experimental. Nunca se poderá falar de embrião como se uma “pessoa em potencial” que está em processo de personalização e que nas primeiras semanas pode ser abortada. Porque? Poderíamos perguntar-nos: em que momento, em que dia, em que semana começa a ter qualidade de um ser humano? Hoje não é; amanhã já é. Isto, obviamente, é cientificamente absurdo.

Dr. Paulo Leão:
(Advogado)
Embrião é a designação dada ao ser humano do início de sua existência, com a fecundação do óvulo pelo espermatozóide, até o final da oitava semana. Nos primeiros dias, até a implantação do útero, recebe também as sucessivas designações de “zigoto” (embrião unicelular), “mórula” e “blastócito”. A partir da nona semana de vida denomina-se feto. Trata-se do mesmo indivíduo, com a mesma dignidade e direitos, independentemente da fase de desenvolvimento em que se encontre e da terminologia usada para o designar com os mesmos dados genéticos e que se desenvolve de modo coordenado, gradual e contínuo, sendo que cada fase não elimina, mas absorve e desenvolve a antecedente. Embora continue a passar por mudanças na sua configuração corporal, desenvolvendo-se em tamanho e adquirindo funções, não perde a identidade ontológica existente desde o início e que guardará por toda sua existência: é o mesmo ser no desenvolvimento ininterrupto de seu ciclo ou curva vital.

Dr. Dalton de Paula Ramos:
(Livre-Docente pela Universidade e São Paulo-USP, Professor de Bioética da USP e Membro do Núcleo Interdisciplinar de Bioética da UNIFESP)
Os biólogos empregam diferentes termos – como por exemplo zigoto, embrião, feto, etc -, para caracterizar diferentes etapas da evolução do óvulo fecundado. Todavia, esses diferentes nomes não conferem diferentes dignidades a essas diversas etapas.
Mesmo não sendo possível distinguir nas fases iniciais os formatos humanos, nessa nova vida se encontram todas as informações, que se chama “código genético”, suficientes para que o embrião saiba como fazer para se desenvolver. Ninguém mais, nem mesmo a mãe, vai interferir nesses processos de ampliação do novo ser. A mãe, por meio de seu corpo, vai oferecer a essa nova vida um ambiente adequado (o útero) e os nutrientes necessários. Mas é o embrião que administra a construção e executa a obra. Logo, o embrião não é “da mãe”; ele tem vida própria. O embrião “está” na mãe, que o acolhe pois o ama.
Não se trata, então, de um simples amontoado de células. O embrião é vida humana.
A partir do momento que, alcançado maior tamanho e desenvolvimento físico, passamos a reconhecer aqueles formatos humanos (cabeça, tronco, mãos e braços, pernas e pés, etc), podemos chamar essa nova vida humana de “feto”.

O EMBRIÃO OU O FETO HUMANO PODE SER SACRIFICADO PARA BENEFICIAR UM OUTRO SER HUMANO?

Dr. André Machado Soares:
(Professor de Filosofia e Especialista em Bioética)
Não. Pois não há como afirmar, de mofo absoluto, que “há mais vida humana” em um adulto ou em todo aquele já nascido, do que em um embrião ou feto. A dignidade que a vida humana possui em seu estágio adulto é a mesma em seu período de vida intra-uterina. Sendo assim, uma vida não pode ser utilizada, como se fosse um mero instrumento de reposição, para beneficiar outra. Destruir a vida de um embrão ou feto é destruir a vida de um semelhante.

Dr. Paulo Leão:
(Advogado)
O embrião ou o feto humano é um indivíduo humano, portanto não pode ser sacrificado ou morto para beneficiar outrem. Cabe aqui referir o primeiro considerando da Declaração Universal dos Direitos Humanos em 1948: “o reconhecimento da dignidade inerente a todos os membros da família humana e de seus direitos iguais e inalienáveis é o fundamento da liberdade, da justiça e da paz no mundo.”

Dr. Dernival da Silva Brandão:
(Especialista em Ginecologia e Membro Emérito da Academia Fluminense de Medicina)
Não. O embrião ou feto, como ser humano tem uma dignidade própria inviolável e inalienável. É um ser humano completo em qualquer fase do desenvolvimento em que se encontra, no sentido de que nada mais de essencial à sua constituição lhe é acrescentado após a concepção. Necessita de alimento e oxigênio, como de resto todos nós necessitamos para sobreviver e desenvolver. Sua vida deve ser respeitada e protegida de modo absoluto desde o seu início. Desde a concepção até a senectude é o mesmo ser, com a mesma identidade ontológica, com a mesma dignidade humana. A ciência e a técnica devem sempre ser colocadas a serviço do ser humano. Essa é a finalidade da Ética, do Direito, da Medicina ou qualquer outro ramo do saber humano que lida com o ser humano. Todos somos guardiões da vida humana. O sacrifício de um ser humano inocente é antiético e injusto.

Dr. Herbert Praxedes:
(Médico e Professor Titular do Departamento de Medicina Clínica da Faculdade de Medicina da Universidade Federal Fluminense-UFF)
Não. O embrião humano é um ser humano completo e não um projeto de ser ou ainda um amontoado de células indiferenciadas. Ele tem, por isso, toda a grandeza e direitos inerentes à espécie humana. Não pode ser degradado a um animal de laboratório.

Dra. Elizabeth Kipman Cerqueira:
(Médica, Psicóloga e Perita em Sexualidade Humana)
Encontros internacionais de Direitos Humanos definiram que nunca um ser humano inocente pode ser sacrificado para beneficiar um outro ser humano a não ser excepcionalmente, por sua própria vontade e que o ser humano deve ser respeitado desde a fecundação. Isto é racional. É científico. No Brasil, o Código de Ética Médica diz que É vedado ao médico: “Art. 54: -Fornecer meio, instrumento, substâncias, conhecimentos, ou participar, de qualquer maneira, na execução da pena de morte.” – conclui-se que mesmo que esta vise o benefício de outros; e É vedado: “Art. 74: -Retirar órgãos de doador vivo quando interdito ou incapaz, mesmo com a autorização de seu responsável legal”. Conforme a Biologia, os Dicionários e as enciclopédias médicas, o embrião e o feto são seres humanos. Sabemos também, que são legalmente incapazes de se expressar, portanto não há justificativa verdadeiramente humanista para sua destruição, mesmo sob a alegação de beneficiar a Humanidade e com a autorização dos pais.

Dr. Dalton Paula Ramos:
(Livre-Docente pela Universidade e São Paulo-USP, Professor de Bioética da USP e Membro do Núcleo Interdisciplinar de Bioética da UNIFESP)
Não, pois sendo uma vida humana, como a de qualquer pessoa, sacrificá-la para qualquer fim significa sacrificar uma pessoa, matar uma pessoa. Alguém aceitaria justo matar uma criança de um ou dois anos de idade (crime chamado infanticídio), para dela retirar um órgão para realizar uma pesquisa científica, por exemplo? Ora, s eo embrião ou o feto são dotados do mesmo valor e dignidade de uma criança pequena, matá-los é um crime tal qual o infanticídio.

POR QUE A VIDA HUMANA DEVE SER RESPEITADA PELO DIREITO?

Dr. Ives Gandra
(Advogado Tributarista, Professor Emérito da Universidade Mackenzie e da Escola de Comando do Estado-Maior do Exército e Presidente do Conselho de Estudos Jurídicos da Federação do Comércio do Estado de São Paulo)
A vida humana é o maior bem a ser protegido pelo Direito. Do respeito à vida decorre o respeito a todos os demais direitos. No Brasil, tal inviolabilidade do direito à vida tem “status” constitucional. Reza o art. 5º da Constituição, em seu “caput”, o seguinte:
Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes n país a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes: estando, portanto, a inviolabilidade do direito à vida como o primeiro de todos os direitos.
Por outro lado, reza o artigo 2º do Código Civil que:
A personalidade civil do homem começa do nascimento com vida; mas a lei põe a salvo desde a concepção os direitos do nascituro.
Do ponto de vista jurídico, à luz da Constituição, dos Tratados Internacionais e do direito civil a vida deve ser respeitada, no Brasil, sempre desde a concepção. De início, o legislador claramente declara que a vida começa na concepção; de resto, reproduzindo disposição do Pacto de São José da Costa Rica, do qual o Brasil é signatário e cujo artigo 4º está assim redigido:
Toda a pessoa tem direito a que se respeite sua vida. Este direito está protegido pela lei e, em geral, a partir do momento da concepção.
Tendo o Pacto de São José, de que são signatários os países americanos, sido fundado “no respeito dos direitos essenciais do homem” (preâmbulo) é tratado internacional, que se integra a Constituição Brasileira, nos termos do § 2º do art. 5º, assim redigido:
Os direitos e garantias expressos nesta Constituição não excluem outros decorrentes do regime e dos princípios por ela adotados, ou dos tratados internacionais em que a República Federativa do Brasil seja parte, pois cuidando de direitos e garantias fundamentais. Esta lei está vigendo no país, ao menos em nível de lei ordinária.
Parece-me, pois que, nitidamente, os tratados internacionais sobre direito fundamentais, a lei suprema e a lei civil – todos, todos, todos – cuidam do direito à vida, como direito essencial e que deve ser salvaguardado desde a concepção.
É de se lembrar que o Código Civil nada mais fez do que reproduzir, em seu artigo 2º, o princípio constitucional, lembrando-se que, no Código anterior, o artigo 4º tinha a redação que se segue:
A personalidade civil do homem começa no nascimento com vida; mas a lei põe a salvo desde a concepção os direitos do nascituro.
Nada seria ilógico, tão irracional, tão incoerente quando dizer que:
Todos os direitos do nascituro estão garantidos
Menos “o direito à vida”!!!
O que mais me impressiona, todavia, é que esta percepção de garantias jurídicas vem do direito romano. No direito romano, os direitos do feto eram considerados garantidos desde a concepção (nasciturus pro iam nato habetur quoties de eius commodis agitur), como se lê no Digesto, Livro I, Título V, enunciado 7.

Dra. Elizabeth Kipman Cerqueira
(Médica, Psicóloga e Perita em Sexualidade Humana)
Cada ser humano traz em si uma misteriosa realidade de valor que nenhuma ciência poderia inventar. Nunca se poderá atingir a essência do que é cada pessoa. Nunca existiram nem existirão duas pessoas idênticas (nem gêmeos fisicamente idênticos nem mesmo caso fosse possível criar um clone). Quanto mais a Ciência progride, mais se tem a prova de que a vida humana se inicia no momento da união do óvulo e do espermatozóide, com a fecundação. Ouçamos os Biólogos, especialistas em ciência sobre a vida. Eles nos afirmam que o princípio da continuidade da vida é tão universalmente reconhecido que poderíamos chamá-la de primeira lei da biologia e, desde o momento da união do óvulo e do espermatozóide, o embrião traz o que o caracteriza como humano. Por isso, não existe um só momento desde a fertilização até o nascimento, no qual a criança no útero materno não seria viva ou não seria “humana”. A vida humana deve ser respeitada sempre: desde o seu início no ventre materno, até sua morte natural, em qualquer idade, doente ou não, de qualquer raça ou cor. Não existem mais medidas: ou toda vida humana tem sentido, sem condições, ou toda pessoa teria um valor relativo e poderia ser eliminada conforme as circunstanciais ou o desejo de alguém. Esta realidade tem que ser protegida pelo direito.

Dr. Paulo Leão
(Advogado)
A vida humana é o fundamento necessário de tudo o que diz respeito ao indivíduo e á sociedade humana. Todos os direitos estão relacionados à vida humana e de alguma forma dela dependem. Trata-se de um dado lógico evidente, que compõe o direito natural da humanidade. No Brasil, a Constituição Federal em vigor proclama como primeiro dentre todos os direitos individuais e coletivos, a “inviolabilidade do direito à vida” (vide art. 5º, caput). A Constituição também estabelece que é um dos objetivos fundamentais da República, “promover o bem de todos, sem preconceitos… de idade e quaisquer outras formas de discriminação.” (vide art. 3º, IV). Portanto, a vida humana está protegida constitucionalmente ante do nascimento, além de o ser pela lei civil e penal.

Ana Paula.

Nunca é Tarde para Recomeçar

Não se destrua. Você é muito Importante!!!

Amigo Melhor

Jesus: O Nosso Tudo

Você jamais saberá que Jesus é tudo de que você precisa até Jesus ser tudo o que você tem. Você está no deserto? Refugie-se na presença de Deus. Encontre consolo no povo de Deus

Ana Paula.

Deus Perfeito

Deus traz pão para a nossa alma. "Paz seja com vocês", e uma espada para a batalha.
"Recebam o Espírito Santo".

Ana Paula.

Silêncio


Machucamos com a voz,
mas para torturar mesmo
só com o silêncio.

Ana Paula.

O céu não é o limite!


Não me diga que o céu é o limite,
quando há pegadas na Lua!

Ana Paula.

Rumo ao Futuro


Está na hora

de seguir

em frente,

e talvez seja

necessário

desligar as emoções.


Ana Paula.

A Melhor Alegria está reservada para Você!


Deus nunca perturba

a alegria dos seus filhos 

se não for para

lhes preparar 

uma mais certa e maior !

Ana Paula.

Deus X Pessoas


Deus nos dá pessoas e coisas,
para aprendermos a alegria...
Depois, retoma coisas e pessoas
para ver se já somos capazes ser alegres
sozinhos.
Essa... é a alegria que ele quer!

Ana Paula.

Qual é o Teu Preço


"Tudo que é caro, é pra poucos. Tudo que é barato é pra qualquer um!"

E você, qual é o teu preço? Meu preço é O SANGUE DE JESUS que foi derramado na Cruz por mim, e me comprou das mãos do inimigo.

A Perfeita Oração!

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Deus é Lindooo!

O meu Deus é bom! Ele é lindo.
Tem me cercado de cuidado e carinho, tem me dado amigos mais chegados que irmãos (uma verdadeira família!). Só posso agradecer a Ele por ter me feito Sua filha e me tirado do mar de pecados onde eu me encontrava.
A alegria que experimento agora não é fruto de nada que o mundo me ofereceu. Não veio de um dia bom (hoje tinha tudo para terminar em lágrimas), de uma música, de um beijo, de uma realização pessoal ou de um filme. Não poderia encontrar a paz e o contentamento que me envolvem em nenhum outro lugar, senão nEle! E nada me separará do Seu amor, pois isto é o que Ele prometeu.
É incrível se aprofundar no relacionamento com o Pai mais lindo de todos! Com todo carinho tem me ensinado a louvar na tristeza e glorificar Seu nome na dor. Meu espírito pode sorrir e se deliciar com Sua presença, independente da situação em que me encontro.
O luto não me separou do amor de Deus, nenhum lamento foi maior que a alegria de pertencer ao reino da luz, nenhuma despedida tirou minha esperança, nenhuma experiência me fez voltar atrás, nenhuma dúvida foi maior que a certeza da salvação! Não pela minha força, mas pelo sangue precioso derramado por mim.
Eu, fraca e orgulhosa, corruptível, suja, inconstante e perdida, fui absolutamente transformada pelo Deus onipotente e glorioso, fiel, santo, justo e verdadeiro. Que Ele me ajude a ainda perseverar! Quero crescer, amadurecer e frutificar para agradar ao Seu coração. 
Se você ainda não experimentou tamanho amor, saiba que o Deus a quem me refiro é capaz de revolucionar a sua vida e mudar a sua história. Aproxime-se dEle, pois ele nunca falhou e não falhará! Longe dEle não há abrigo seguro.
Ele é único caminho.

Pois eu tenho a certeza de que nada pode nos separar do amor de Deus: nem a morte, nem a vida; nem os anjos, nem as outras autoridades ou poderes celestiais; nem o presente, nem o futuro; nem o mundo lá de cima, nem o mundo lá de baixo. Em todo o Universo não há nada que possa nos separar do amor de Deus, que é nosso por meio de Jesus Cristo, o nosso Senhor.
Romanos 8:38-39

Amor

Você Quer?


Deus
Sempre
Estará
De
Braços
Abertos
Para
Te
receber,
e
te
perdoar
de
tudo.

Basta
Apenas
você
querer!

Ana Paula.

Chegou a hora!

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas

Quero tua presença

Tempo Dedicado

Você ainda tem coragem de murmurar?

Grandeza Soberana


Nós pensamos que nosso PROBLEMA é grande... e esquecemos a grandeza de DEUS! ♥ 

aNA pAULA.

Viva!!!


Quero voar, me libertar de todos os meus medos, e assim como o beija-flor, sair sentindo o aroma das mais belas rosas no jardim da casa ao lado.
Não ligo para o que os vizinhos irão dizer, quero sentir novos ares, novas aventuras, arriscar um pouco daquilo que já preservei demais, a vida.
Sorrir para Deus e o mundo, sem me importar com a opinião.
Cair, tropeçar, e me levantar rindo da situação.
É. A vida é assim, não passa de uma longa estrada deserta, na qual você encontra poucas pessoas que pode confiar.
Acredite. Não leve tão a sério a vida!
Seja feliz.

Ana Paula.

Tempo


Muitas vezes o medo de viver nos impele a correr contra a realização dos sonhos que nos são caros e amados. Muitas vezes desejamos estar ao lado de pessoas que já partiram, mas também temos a mania de não valorizar aquelas pessoas que estão ao nosso lado.
Oferecer o Amor não é uma opção mas uma necessidade de quem verdadeiramente ama, de quem não pode mais viver sem se doar para o outro.

Então veja, quando você diz “Eu te amo”, você assume uma responsabilidade para TODA A VIDA que te impele a doar-se totalmente, a humilhar-se pelo outro e seus desejos devem, muitas vezes morrer para que os do outro se realizem através de suas atitudes.

A vida em si é um Dom de Deus, e mesmo quando o tempo não passa, o mundo não deixa de caminhar em sua própria velocidade.

Ana Paula.

Depende de você

Arrisque


É melhor atirar-se à luta em busca de dias melhores, mesmo correndo o risco de perder tudo, do que permanecer estático, como os pobres de espírito, que não lutam, mas também não vencem, que não conhecem a dor da derrota, nem a glória de ressurgir dos escombros.
Esses pobres de espírito, ao final de sua jornada na Terra não agradecem a Deus por terem vivido, mas desculpam-se perante Ele, por terem apenas passado pela vida.

Ana Paula.

Primeiro Lugar é de Quem?

Diálogo


Pai, eu me sinto cheia. Tem tido tanta coisa pra resolver... Não queria ter levantado da cama, ir a escola na segunda; é tão chato! As matérias tem sido tão entediantes… Não tô a fim de sair hoje.. Tô cansada. Ainda não descansei do final de semana. E esses probleminhas aí? Tem como resolver? Sei não... Acho que sozinha eu não consigo. Beijos.

Te amo.

 Amém!

Filhinha, como você realmente está? Hoje eu te dei um dia lindo, você tava reclamando tanto da chuva. Gostou do sol de hoje? Hoje te dei mais um dia... Ainda não tá na sua hora, você ainda tem muito o que trabalhar para mim. E os estudos? Tem se dedicado como me prometeu? Você se lembra? Nunca se esqueça, EU ESTOU CONTIGO, Sou o seu refúgio e a sua fortaleza. Eu te amo. Sabe o que você me pediu? Espere. Não desanime! Eu te amo!

Seu Pai: Deus.

Ana Paula.

É Amor?


Muitos de vocês acham que realmente conhece o amor por completo, mas não.

O amor não é apenas o que você sente pelo seu namorado, ou por um menino que nunca te corresponde.

Vocês se torturam pensando em amores que muitas vezes são falsos, e esquecem que há muito tempo atrás, um homem morreu por vocês!

Ana Paula.

Sensível


Sabe o que eu quero de verdade?
Jamais perder a sensibilidade, mesmo que às vezes ela arranhe um pouco a alma.

Ana Paula.

Aguarde


Cultive, cuide, queira bem...

O resto vem!

Ana Paula.

Desistiu?


Por fora, já desistiu.

Por dentro, sempre descobre que ainda dá para recomeçar!

Ana Paula.

Salte!!!


Sem me preocupar se a próxima etapa será o tombo ou o vôo.
Eu sei que vou..
E seja tombo ou vôo, eu sei que lá estará uma forte mão me esperando para me amparar!!!

OUÇA


Ame, honre, OUÇA e valorize seus pais.

Um dia, você vai querer fazer com eles aquilo que você deixou de fazer hoje!

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Sorria: Você não é Deste Mundo!!!


Se por você ser BV (Boca Virgem) as pessoas têm te taxado de que você é fora do comum, não fique triste, mas você é mesmo uma extra-terrestre.

Você é única! Enquanto todas as meninas já beijaram, você não.

Enquanto muitas se prostituíram, você não.

É a pedra mais RARA do reino. E nunca vai ser problema algum por ser diferente das outras garotas, na verdade é uma honra, ser.

Princesas nunca foram pessoas comuns, elas sempre se diferenciaram em algo e se destacaram. E acabam sempre sendo aquelas pessoas que todas as garota da terra, gostariam de estar no lugar.

Então, não deixe que o inimigo ponha minhocas em sua cabeça.

Aprenda que VOCÊ É PURA E SANTA (SEPARADA). E como tal, não deve se submeter a jugos do inferno que dizem que você tem que se igualar a tudo o que os outros fazem.

Deixem que eles digam o que pensam.

Chamam você de idiota? Saiba, idiotas são pessoas que fazem tudo o que os outros fazem e vivem como todos os outros vivem por que não tem personalidade própria pra dizer: "EU NÃO ACHEI A MINHA BOCA NO LIXO".

Conheci certa vez uma jovenzinha que se mantinha diferente de tudo o que os colegas de sua sala viviam. Ela era muito criticada por sua atitude de ser diferente. Mas, em contrapartida, ela é feliz por de achar enquadrada perfeitamente naquela frase que vale a pena ser dita e pensada:

"Vocês riem de mim por que sou diferente. Eu rio de vocês porque são todos iguais".

Tirando a parte vingativa da história, você não precisa rir deles por que são iguais, até porque na verdade você deve mesmo é ter misericórdia.

A verdade por trás da frase é que, ser diferente é na verdade algo bom, mas foi dita milhares de vezes que era mau, e acabamos por assimilar como sendo verdade o que na verdade é uma mentira.

Jesus é o cara mais esquisito e diferente que já pisou na face da Terra. Em contrapartida é O mais Amado, Exaltado, Reis dos Reis, Senhor dos Senhores, enfim... Deus!
Ria na cara de Satanás quando ele te afrontar!

Ana Paula.

Qual O Tamanho Do Teu Vazio?

O Deus Que Vê O Meu Interior

Deus Graaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaande!!!!

O Invencível Está Com Você

Foi por Você



Ele sim me ama de verdade, Ele sim está sempre comigo. Ele sim deu a sua vida, o seu sangue, por mim e por você.


Ana Paula.

Poderá também gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...